Zero zero zero

Ainda durante a pandemia, li a edição comemorativa de 30 anos de Os Goonies (tempos depois acabei revendo o filme na Netflix).

Eu lembrava muito pouco da história e arrisco até a dizer que nunca vi o filme na íntegra (durante minha infância/juventude). O fato é que, em dada parte da trama, o personagem Bocão resolve tirar um sarro com as engenhocas do garoto chamado Dado:

“… Bocão colocou o braço em torno do ombro dele e disse: ‘Calma, zero-zero-à-esquerda.’ Mas ele disse isso numa boa.”

Fiquei com essa ideia na cabeça e, é claro, precisei fazer um cartum (tomei a liberdade de acrescentar mais um zero… à esquerda rs).

Zero-zero-zero
Zero zero zero